terça-feira, 2 de dezembro de 2008

It`s all about love...


É tempo de semeadura em meu ventre. Confesso que o fim de ano bateu em minha porta com um sentido doce e terno de gratidão. O gosto de mel do dever cumprido e de colheita de algumas horas dedicadas a aquilo que tinha que ser feito.

2008 quase se despede passando o mastro para 2009, que não tenho dúvidas, será um ano de muitas e outras realizações. Afinal, anos ímpares sempre trazem consigo algo ímpar e especial.

Algumas aves raras fizeram com que esse ano fosse cheio de boas surpresas e de crescimento mútuo. Após dias, semanas, meses, dedicados a um projeto eis que colhi seu fruto adocicado no último dia 29. Aprovada com louvor deixo a graduação para me aventurar em águas mais profundas. Que venha o mestrado!

Para aqueles mais chegados, ainda que não tão presentes fisicamente, deixo meus sinceros agradecimentos e meu abraço apertado. Pelas horas dividas, pelos ouvidos emprestados às minhas eternas e intermináveis dúvidas, pelo apoio, pela mão amiga, pelo colo e por toda atenção.

Mas como nem tudo é feito de brilho, aos meus amigos queridos que enxugaram minhas lágrimas, que me obrigaram a sorrir porque assim deve ser. A todos aqueles que nem por um segundo deixaram de acreditar que every little thng is gonna be all right!

Que em 2009 possamos estar ainda mais próximos e que meu porto seguro nunca deixe de assim o ser. Porque toda guerreira gosta de saber que ao chegar em casa vai encontrar alguém a sua espera. Qual a graça das vitórias se não podem ser compartilhadas com aqueles que amamos?

Uma pequena lista de agradecimentos aos que fizeram 2008, 2007,2006,2005,2004 ( e lá se vão anos) e ainda farão todos os outros de nossas vidas momentos especiais.

À minha querida amiga Mariana, minha ruiva, que resolveu se aventurar em solos paulistanos, mas que em nenhum momento sequer deixou de habitar o meu dia-a-dia. Pela amizade sincera, o carinho de sempre.

Às amigas Caroline e Roberta porque nossos elos são de outras vidas, de outro tempo, de outra existência. Amor incondicional e que não cabe em folha de papel.

Às Marias: Maria Bianca, Maria Flávia, Maria Sabrina, Maria Julia, Maria Estrela. Porque sem vocês a vida não seria tão divertida e tão florida. Afinal, são todas flores do meu jardim.

À Fernanda, Nandinha, Nandoca, pessoinha que dispensa comentários. Pelos anos traçados juntos, pelo meu e pelo seu crescimento. Porque ainda que mais distantes carrego você no peito, minha pequenininha.

À minha amiga gigante não só no tamanho mas nas palavras, na presença, no brilho nos olhos. Porque se tem uma pessoa que é brasileira e não desiste nunca essa pessoa é você Monique!

Ao meu amigo e irmão adotado Celso porque.. ah não tem porque, eu te amo de graça!

À minhas amigas Camila, Larissa, Mariana, Karllota e Janine que dispensam qualquer tipo de comentário. Simples assim, por vocês existirem.

Às irmãs Carol e Mônica Montone que são o mais lindo presente que algum anjinho lá em cima colocou no meu caminho. Pelas horas de conversa, sopinhas no Cafeína ou caminhadas na Paulista.

À minha amiga Paloma que é minha filha, minha confidente, meu porto seguro, minha florzinha. Que sempre tem uma palavra pertinente.

Às Paulas da minha vida, minhas duas loiras que sem elas, esquece! Eu não seria quem sou. Simplesmente porque o amor delas me faz uma pessoa melhor.

A você que me fez entender que todo tesão é encantador. Em horas de conversa ou em situações inusitadas da vida.

Ao meu amado amigo Arthur que caminhou junto comigo, que me orientou, que torceu por mim, que me ajudou.

Aos meus pais a quem agradeço a vida, o amor, a dedicação, as noites mal dormidas quando eu ainda era só um bebê, as flores recebidas pela conclusão de uma etapa da vida. Por vocês existirem e serem assim como são.

Agradecimentos especiais aos amigos Diego de Leone e Carolina Salmon que foram meus braços e minhas pernas esse ano. Sem eles não teria sido possível chegar até aqui. Para vocês qualquer palavra é pouca.

A mim mesma pelo amadurecimento, pela dedicação em meio às horas de desespero e cansaço. Por não ter perdido o foco.

Àquela força maior que todos sabemos que existe, uns a chamam de Deus, outros de energia, não importa o seu nome. O meu sincero obrigada por fazer os ventos soprarem a meu favor.

A todos os que não foram aqui citados mas que são meus fiéis escudeiros e meus presentes de fim, início, meio de ano. De sempre.

8 comentários:

paula barros disse...

É muito bom terminarmos o ano agradecendo, vendo os projetos realizados, entrando um novo ano com vários outros projetos. E principalmente com muitos amigos para compartilhar, dividir, somar, multiplicar, engrandecendo nossos dias.

Ficou lindo.

abraços

Carol disse...

Nhaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
Q lindo, Lu!!!
Obrigada pelos agradecimentos.
Bjkasss
E bora p/ farraaaaaaaaaaaa
Carol

fernanda disse...

Vale se emocionar?!?
Te amo amiga..
São anos de amizade com épocas de convívio intenso, épocas de caminhos alargados mas a certeza da eterna amizade e carinho sempre guardados do lao esquerdo do peito.
Parabéns pela sua conquista e obrigada por espalhar essa garra, essa vontade de crescer, de evoluir, de ganhar o mundo às pessoas que a cercam.

Jana disse...

Parabéns pela formatura querida!

mas eu nessa época do ano só tenho vontade de hibernar...

beijos

mim disse...

Parabéns, Lu!
Linda.
Sempre.
te amo.
mil beijos!

Mariana (Marra)

Leonardo Werneck disse...

Ah, a sensação de dever cumprido é deliciosa. Meu 2008 tbm foi de grandes acontecimentos, muitas mudanças.


Agradecer as bençãos é a forma mais sábia de fechar o ano!

beijos

paloma disse...

A tal força q sabemos existir é a energia, é o amor...ou qq outro nome, mas q transmite somente coisas boas, e nos une cada vez mais!
É tal força q nos faz acreditar q existe sim um caminho a ser trilhado..e q podemos escolhe-lo. Vc, pelo q podemos ver, escolheu o do bem! O da amizade, do crescimento, da semeadura, do conteúdo, da intensidade, do desejo, do bem querer, do olhar sincero, da alegria...enfim, de cores e amores!!!
Eu sou prova de q vc amadureceu muito...nos conhecemos desde 2000, e entre tantas reviravoltas da vida estamos mais proximas doq nunca HOJE! Faço parte do seu crescimento, assim como vc faz do meu, e das minhas quedas tb...e é isso aí...estamos juntas pra isso, seja pra levantar uma a outra qdo preciso, seja pra uma boa gargalhada..p/ os momentos d alegria..enfim!!!Pra VIDA! E isso tudo é vida! Nós estamos aprendendo cada vez mais o SENTIDO dela..o sentido de viver..nossos questionamentos..nossas insatisfações, nossas fugaas, nossas diversões..são todos os gozos desse Viver q tanto partilhamos hoje!
E quero isso hoje, amanha e sempre com vc, Flor!!!!

escrevi rapido..mas foid coração..beeeijo

*Lusinha* disse...

Eu também gosto mais de anos ímpares...
Bjitos!