quarta-feira, 18 de junho de 2008

Coisa Séria...


Horas de sono perdidas, dois kilos perdidos, olheiras, estresse e horas a fio em frente ao computador. Essa sou eu há alguns dias. A explicação para isso está aí embaixo. Mas se fosse necessário faria tudo isso de novo, enfim minha monografia ficou pronta! Como boa administradora e defensora incansável das mulheres, meu tema não poderia ser outro senão: Política da Diversidade nas Organizações. Delimitação do estudo: MULHERES!

Aos queridos que estiveram ao meu lado durante a produção desse trabalho meu muito obrigado pela paciência, pelas leituras e releituras, pela pesquisa de material e por aturarem minha ansiedade.

Agradecimentos especiais ao meu orientador querido, Arthur que mais uma vez me colocou pra pensar (deu trabalho, mas valeu a pena) e a minha tão querida Carol, que acompanhou de perto toda trajetória.

Abaixo, um pedaço da minha filha!

“Segundo Pierre Bourdieu (1999), a dominação masculina se dá ao passo que a parte dominada aplica categorias construídas a partir do ponto de vista dos dominantes, fazendo assim, serem vistas como naturais. (...)

Bourdieu (1999) afirma que a dominação masculina se dá através de símbolos que são aceitos tanto pelos dominadores quanto pelos dominados. O lugar ocupado pelos corpos femininos e masculinos seriam separados segundo esse simbolismo(...)
Como consequência dessa ordem, o acesso ao poder coloca as mulheres na posição de double blind. Se passam a atuar como homens se arriscam a perder os atributos necessários à feminilidade e põem em questão o direito natural dos homens às posições de poder. Por outro lado, se agem como muheres são vistas como incapazes e inadaptadas à situação. . (BOURDIEU, 1999,p.84) (...)

Beauvoir, em seu livro o Segundo Sexo, todos os mitos de criação exprimem a idéia da hegemonia masculina. Eva não foi criada a partir da mesma matéria-prima da qual fora criado o homem, mas sim de sua própria matéria, tirada do próprio flanco dele. Eva foi criada depois de Adão e não simultaneamente. E seu nascimento não seria autônomo e espontâneo, uma razão em si mesmo e sim com a finalidade de salvar Adão da solidão.

“ A representação do mundo, como o próprio mundo, é operação dos homens; eles o descrevem do ponto de vista que lhes é peculiar e que confundem com a verdade absoluta.” (BEAUVOIR, 1970, p.183) (...)

Em contrapartida Luce Irigaray defende que os sexos ou os gêneros são dois, sem primeiro ou segundo. Assim, a autora afirma que a identidade feminina, embora muitas vezes tenha sido baseada na dicotomia masculino X feminino, não deve ser interpretada como o “outro”. Tal fato se deve a um entendimento limitado desse termo. “A questão do outro está mal colocada na tradição ocidental, o outro é sempre o outro do mesmo, o outro do próprio sujeito e não um outro sujeito a ele irredutível e de dignidade equivalente” (IRIGARAY, 1994, p.53)

Segundo Luce Irigaray (1994), o sujeito filosófico, historicamente masculino, reduz o outro em uma relação com ele – complemento, projeção, inverso, instrumento, natureza – no interior de seu mundo, de seu horizonte. “

Acho que está na hora de repensar essa situação,que ainda que não ocorra de forma velada se faz presente no cotidiano das mulheres nas organizações.

6 comentários:

Carol disse...

luluuuuuuuuuuuuuuuuuuu
Obrigada pela homenagem!!!!!
:D

O que eu li da sua mono eu ameeeei!!!


bjkasss

Ela disse...

O mais bacana é que a gente se sente parindo mesmo.
rs

Parabéns, além de uma filha consistente... dois quilos a menos, isto é simplesmente o máximo!!!!!!!!!!!!!!!11

,,, aquela que voa disse...

Parabéns!! e agora, viva sua nova vida! bjs e fique com Deus (ps. já adicionada entre meus vôos constantes)

Ana Luisa disse...

oi Luciana!
Obrigada pela visita.
É verdade, as dificuldades são aprendizados, mas o maior problema é na hora em que a dificuldade está latente, termos esse olhar...mas estou aprendendo..rsrs...foi um momento ruim que inclusive foi superado de forma maravilhosa ontem..rsrs.

Mil beijinhos e volte sempre.

Rafaella Coelho disse...

Eeeeee! Que bom que saiu este filho!
Beijos e saudadess

FINA FLOR disse...

eeeeeeeeeeee, parabéns!!!!

agora, o descanso merecido! vamos comemorar!

beijos e boa semana, querida

MM.