segunda-feira, 20 de abril de 2009

Não


Não me diga o que fazer, não porque me soe como autoritarismo, mas porque sei exatamente onde devo pisar. Não me diga o que não posso e o que não devo quando sei exatamente das minhas desvontades. Não me diga onde não ir quando sei exatamente onde quero chegar.

Não me diga que não posso o que pulsa em mim, porque ainda assim eu vou. E vou com a força de mulher que pare. Porque quem pare joga no mundo um pedaço de si e há de se aprender a deixar ir. Não me diga não quando tudo que quero é um sonoro sim. Acredite, se eu quero, eu posso.

Não me diga pra ser mais uma na multidão, para não brilhar, para não fazer pose, para esquecer todo o meu eu que canta liberdade. Não me amarre em pensamentos que não são meus. Não me prenda em suas amarras e não me faça acreditar que são minhas as sua dúvidas e seu medo de viver inteiro.

Não me faça acreditar que não valeu quando cada segundo que vivo tem a intensidade do início e fim em si mesmo. Não me faça borrar a maquiagem com lágrimas que deviam escorrer de sua íris enquanto me vê indo embora. Não me enlouqueça se não pode se soltar de suas tragédias pessoais e embarcar comigo.

Não me negue o direito ao cio quando me encontro quente a ponto de entrar em ebulição. Tampouco, enumere minhas qualidades porque sei exatamente o que me sobra e o que me falta. Não queira entrar em meus lençóis se não pode me dar a madrugada.

Não acelere se não está preparado para avançar meus sinais vermelhos. Não se faça presente se não for para me surpreender. Não me diga o que fazer e não me faça acreditar que a interrogação sou eu. Não me veja em reflexo.

Então, que se faça um trato. Nada de recato, de pudores, de falso moralismo. Você dita as regras, eu burlo todas elas. A gente se invade e se separa. Você afirma, então, sua sensatez e eu meu atestado de loucura. Porque se não for insano de nada adianta ter vivido.

12 comentários:

Juliana disse...

MUITO BOM!!!!!!!!!

. fina flor . disse...

conheço uma pessoa que precisava ler esse texto, kkkk

beijos, flor

MM.

Estava Perdida no Mar disse...

Não diga nada. Talvez eu encontre o caminho.

Tatiana disse...

Eu simplesmente AMEI a sua postagem!
Desejo para você um belo fim de semana
Um beijo e muito carinho

Clarice disse...

Para que servem as regras afinal? O bom é ter regras e não seguir ... vc disse tudo: se não for insano de nada adianta ...
beijos da janela

D'angelo disse...

Vc é, literalmente, Simone de Beauvoir...Adoro isso.

Camila disse...

personaliidade, é oq conta.

bejoos

Cαmilα ♥ disse...

Lu querida
Isso que eu chamo de decisão!
Mulher decidida sempre vai além!

Espetacular este post!

BeijOs

Afobório. disse...

bah, que texto heimmmm......

emocionei-me.


sorte e luz.

. fina flor . disse...

bela, tô no Rio, já!

vi seu scrap e morri de rir.

espero que esteja tudo bem ;o)

bora marcar algo?

muuuuuuuita coisa para contar

beijo.beijo

MM

>>> tem textinho novo no canteiro

Di disse...

São muitos "nãos" que expressam que você quer viver o melhor quando você diz "sim". Gostei! :)

Maria disse...

Showwww!

Que seja assim, linda. E que seja intenso enquanto dure.

Meu beijo